[Seleta da Produção do Grupo]

  • Mapas subjetivos de um mundo em movimento: Migrações, mídia étnica e identidades transnacionais

ELHAJJI, Mohammed

Resumo: O presente trabalho objetiva estabelecer um nexo conceitual entre o fato migratório, a mídia comunitária dos grupos étnicos e culturais inseridos em tecidos sociais pluriculturais e as novas configurações identitárias decorrentes desse agenciamento sociotecno-subjetivo. A ideia central da análise é que os três termos da equação não são fenômenos distintos, mas sim manifestações da mesma realidade contemporânea e panos da mesma ecologia cognitiva.

Palavras-chave: Migrações; Mídia Étnica; Identidades Transnacionais.

Acesse o artigo

  • Webdiáspora – interculturalismo, transnacionalismo e multiterritorialismo para uma cidadania comunicacional: apontamentos analíticos

ESCUDERO, Camila

Resumo: Este trabalho propõe discutir um novo conceito relacionado aos estudos migratórios dentro do campo da Comunicação Social: o de webdiáspora. Trata-se de um apontamento analítico desenvolvido a partir de conceitos teóricos já consolidados e relacionados ao tema, como: diáspora, transnacionalismo, multiterritorialidade, interculturalismo e cidadania comunicacional dentro do contexto das Tecnologias de Informação e Comunicação, as chamadas TICs. Após revisão bibliográfica, definimos que a webdiáspora se configura, dentro de processos migratórios, não só como um espaço transnacional, intercultural e multiterritorial midiático, mas como um recurso para interação e compartilhamento de vínculos sociais (reais ou imaginários, com o país de origem ou de destino), no qual fluxos de informação acabam não só por construir uma identidade diaspórica, mas por participar da negociação de direitos cidadãos e garantir a existência de uma cidadania comunicacional.

Palavras-chave: Transnacionalismo; Multiterritorialidade; Interculturalismo; Cidadania comunicacional.

Acesse o artigo

  • Representações da diferença: a mulher brasileira migrante na mídia impressa da Europa

ANDRADE, Danubia Fernandes

Resumo: Neste artigo, apresento a análise de reportagens e matérias jornalísticas em que há referência à mulher brasileira em situação migrante no continente europeu. Trata‐se da análise crítica do discurso de jornais portugueses, espanhóis, franceses, ingleses e italianos, embasada na metodologia dos Estudos Críticos do Discurso, proposta por Teun van Dijk.O objetivo é discutir as modalidades de representação dos sujeitos migrantes no contexto eurocêntrico de produção midiática, levando em conta as especificidades da migração feminina e da produção de discursos jornalísticos sobre a alteridade.

Palavras‐chave: Gênero; Migração; Representação; Mídia; Jornalismo.

Acesse o artigo

  • A Música e o Mar: O fator comunicacional das cidades portuárias e a produção musical popular do século XX

CURI, Guilherme Oliveira

Resumo: O artigo proposto é fruto a das reflexões teóricas e metodológicas que surgem após a dissertação de Mestrado em Sociologia intitulada “The music from the sea: social and cultural aspects on the creation of jazz and samba”, concluída em 2007 na University College Dublin. Trata-se do desenvolvimento deste recorte analítico e teórico da referida pesquisa ao longo dos últimos cinco anos. Em outras palavras, busca-se o amadurecimento desta reflexão sobre as construções identitárias dos gêneros musicais estudados, sua intrínseca relação com os sentidos comunicacionais e o espaço urbano em que os processos analisados estão inseridos, as cidades portuárias.

Palavras-chave: comunicação; mar; encontros culturais; cidades portuárias; música; sociologia; estudos culturais; identidade.

Acesse o artigo

  • TICs e Imigração Angolana no Rio de Janeiro

COSTA, Leonildo

Resumo: Sabe-se que as Tecnologias de Informação e Comunicação, as chamadas TICs, vêm se configurando como elemento essencial nos processos migratórios no que diz respeito ao estabelecimento e consolidação de vínculos sociais no país receptor, na criação de novos quadros comunitários, e, ao mesmo tempo, na manutenção de laços identitário (reais ou simbólicos) e afetivos com o país de origem. Assim, o presente artigo propõe uma reflexão em torno de como vivem os imigrantes angolanos que se estabeleceram na comunidade da Maré, no Rio de Janeiro, no que se refere à comunicação desses com a sociedade local, ou seja, com os outros moradores da comunidade, ou ainda com parentes, amigos e conhecidos que ficaram em Angola. Como metodologia, partimos de uma revisão de literatura sobre o uso das TIC’s pelas diásporas presente no livro “Diásporas, migrações, tecnologias da comunicação e identidades transnacionais”, organizado por Cogo, ElHajji e Huertas (Bellaterra: Institut de la Comunicació, Universitat Autònoma de Barcelona, 2012) e entrevistas semi-estruturadas com os imigrantes. Entre os principais resultados, destaca-se que as TICs têm por finalidade contribuir, principalmente, para manter os laços com amigos e familiares no país de origem, num processo constante de manutenção de vínculos e construção e afirmação de identidades.

Palavras-chave: Imigração; TICs; Rio de Janeiro; Angolano.

Acesse o artigo

  • Impressos Produzidos por (I) Migrantes para a Compreensão das Identidades Híbridas

SANCHES, Marcela Maria Freire

Resumo: Proponho a reflexão de como a memória dos grupos étnicos, neste caso dos imigrantes intelectuais sírios e libaneses do movimento cultural da Liga Andaluza é preservada a partir dos impressos, em específico da Revista Liga Andaluza de Letras Árabes na experiência da migração para a cidade do Rio de Janeiro, no início do século XX. Durante a pesquisa do mestrado percebi que as Revistas da Liga Andaluza guardadas na Biblioteca Nacional eram as valiosas fontes primárias, os mecanismos de registro da memória deste grupo étnico. Mas estes registros documentais, o acervo de uma parte da história da migração da cidade encontra-se em processo de avançada deterioração. Então parte a questão: a urgência da preservação deste determinado acervo para permanência da memória deste grupo e recriação de outras memórias e identidades. Ressalto a questão do valor histórico deste acervo, por tratar-se de uma fonte primária produzida pelos próprios intelectuais imigrantes do movimento. Outros valores também podem ser atribuídos, como o valor didático deste acervo ao ser preservado, com algum mecanismo de digitalização e em seguida ser disponibilizado no repositório virtual para os professores de história, que ao utilizarem em suas aulas nos temas relacionados à diversidade social e tolerância cultural. Os impressos também podem ser usados como fontes para outras pesquisas acadêmicas, pois esse acervo são documentos que remetem a memória e identidade de um povo e suas expressões culturais.

Palavras-chave: Impressos produzidos por (i) migrantes; Diversidades sociais; Tolerância cultural.

Acesse o artigo

  • Territórios e identidades: uma análise exploratória da comida como objeto de pesquisa para investigação de pertencimentos

BENAZZI, João Renato de Souza Coelho

Resumo: Esse ensaio é a primeira incursão em um processo de pesquisa mais amplo que pretende trabalhar as relações entre identidade, territórios e consumo de comida Italiana como forma de investigação sobre o papel da mídia étnica no processo de desenvolvimento de afetos de pertença, na cidade do Rio de Janeiro. De cunho exploratório, o objetivo, neste texto, foi argumentar sobre as possibilidades de se analisar a questão do pertencimento a grupos e, portanto, de configurações identitárias, a partir da questão do espaço e suas traduções para a comida.

Palavras-chave: Comunicação; Território; Identidade; Consumo; Comida.

Acesse o artigo

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: